• Instituto Práxis

Sentimentos, ideias, funcionamento e expectativas.



Quando adoecemos, há quatro dimensões que influenciam o sucesso do tratamento: sentimentos, ideias, funcionamento e expectativas. Quando a pessoa se relaciona de forma positiva com o cuidado, sua recuperação é mais provável. Tal situação ocorre quando o doente confia no processo e conhece bem os fatos.


O cuidado centrado na pessoa prevê que profissionais de saúde devem trabalhar colaborativamente com o paciente, construindo um tratamento que esteja adaptado às suas necessidades individuais. Isso deve ser feito com dignidade, compaixão e respeito. O conceito foi desenvolvido no início da década de 1980 e ainda pode ser considerado um método novo.


Quando os pacientes não são suficientemente informados sobre o cuidado que recebem, a eficiência do tratamento pode ser prejudicada. Pode ocorrer, por exemplo, a não adesão do paciente ou a não colaboração com o tratamento, gerando insucesso parcial, total ou até abandono. Isso porque a falta de conhecimento gera sensação de descaso no paciente, prejudicando diretamente a sua saúde.