top of page
  • Foto do escritorInstituto Práxis

Nota de repúdio pelo episódio de violência ocorrido na UPA de Jaguaribe

O Instituto Práxis manifesta sua total consternação diante dos casos de violência contra profissionais da saúde em seus locais de trabalho. É com profundo pesar que lamentamos um incidente ocorrido na madrugada da terça-feira, 21 de maio, na UPA de Jaguaribe, onde uma enfermeira foi vítima de agressão. Ressaltamos a importância do imediato apoio do prefeito de Jaguaribe, Alexandre Diógenes, e da secretária municipal da Saúde, lanny de Assis Dantas, que logo compareceram à UPA para dar todo o suporte e acompanhar o desenvolvimento do trabalho das autoridades competentes para a elucidação desse episódio de violência. O caso em Jaguaribe já está sendo devidamente investigado e a vítima recebendo todo o amparo que se faz necessário, inclusive, psicológico.


Além de repudiar veementemente esses atos covardes, o Instituto Práxis está adotando medidas para melhorar a segurança dos profissionais, como a instalação de câmeras de monitoramento nas Unidades que administra, colaborando assim com o trabalho policial. Estamos vigilantes e prontos para oferecer total apoio aos colaboradores que sejam vítimas de qualquer tipo de violência.


A crescente violência contra profissionais de saúde é alarmante e incompreensível, pois são pessoas dedicadas exclusivamente a salvar vidas. Esperamos que as autoridades tomem providências efetivas para evitar que casos dessa natureza voltem a ocorrer em qualquer unidade de saúde do estado do Ceará, com a certeza de que podem contar com o apoio do Instituto Práxis.

Comments


bottom of page